quarta-feira, 18 de abril de 2012

Que tal fazer um pouco de Ginástica Mental?



:: Roberto Inácio ::

...e melhorar a saúde do corpo físico?

Sente-se numa cadeira de encosto reto e assento firme, madeira de preferência. Fique na metade da frente do assento para poder se movimentar melhor. Pés paralelos, pernas afastadas, na direção dos quadris. Respire calma, profunda e lentamente, mas sem esforço algum. Olhe para o lado direito, até lá atrás. e observe até onde seus olhos conseguem enxergar, sempre sem forçar, e registre esse ponto. Faça o mesmo para o lado esquerdo e também registre o ponto até onde você consegue enxergar.

1. Agora você vai fazer movimentos apenas para o lado direito e sempre na sua expiração. Inspire e na expiração gire a cabeça, sem forçar, para o lado direito. Inspire e retorne na expiração. Mais uma vez: inspire e na expiração gire a cabeça para a direita. Inspire e retorne na expiração. Faça esse movimento 8 vezes, pouco menos se você não tiver muito tempo. E descanse um minuto, respirando calmamente e prestando atenção na respiração.

2. Inspire e na expiração gire a cabeça para a direita, mas desta vez mantendo o olhar fixo à sua frente. O movimento vai ser menor e mais difícil, mas faça as mesmas 8 vezes, inspirando e girando a cabeça para a direita na expiração, mas sempre com o olhar fixo à frente.

3. Agora repita o primeiro movimento, com a cabeça girando solta para a direita, sempre da mesma forma - movimento na expiração - e 8 giros lentos, tranqüilos, prestando atenção na respiração e procurando não alterá-la.

4. Agora a cabeça fica fixa para frente, os olhos giram um pouco, o pescoço e os ombros também. Sempre para a direita e sempre 8 vezes.

5. Repita novamente o primeiro movimento. E observe o que começa a acontecer.

6. Desta vez, a cabeça e os ombros vão girar para a direita, mas os olhos vão virar para a esquerda. É um pouco desconfortável, mas daqui a pouco você verá os resultados. Faça as 8 vezes de sempre.

7. Faça de novo o primeiro movimento, cabeça, ombros, tronco, olhos, tudo girando para a direita e cada vez mais soltos. E observe. Pode sorrir, porque de fato é engraçado.

8. Agora, apenas o joelho esquerdo se move, bem pouquinho, para frente. Deixe o resto do corpo solto, se movimentando naturalmente. Provavelmente, o ombro esquerdo irá um pouco para frente e a cabeça pode girar naturalmente para a direita. Joelho para frente 8 vezes, sempre na expiração.

9. Finalmente, repetimos o primeiro movimento, com o joelho esquerdo indo para a frente e cabeça, tronco, ombros, olhos, tudo girando livremente para a direita. E você observa até onde o seu olhar alcança agora. Mudou, não mudou? Pois é, com poucos movimentos, bem suaves, você já conseguiu destravar um pouquinho seu pescoço e seus ombros. E isso é ótimo para melhorar também a saúde dos olhos, porque com ombros e pescoço travados seus olhos recebem menos oxigênio, menos sangue e menos energia prânica, a energia de vida que no Yoga se chama Prana e no Chi Kung recebe o nome de Chi.

Bem, agora você vai repetir o exercício, exatamente da mesma maneira, para o lado esquerdo, com apenas uma 'pequena' diferença: você não vai se mexer, vai apenas visualizar, imaginar, 'ver' mentalmente o movimento e sentir como se estivesse de fato fazendo-o.
Fica mais fácil fazer esta parte do exercício se você gravá-lo ou pedir para alguém ler para você.
Repita toda a série, exatamente igual, como você fez fisicamente para o lado direito, só que desta vez é para a esquerda e mentalmente, o corpo não se mexe - ou se mexe um pouquinho, mas independente de sua vontade.

Ao terminar a série inteira, abra os olhos lentamente e aí, sim, você vai fazer o movimento físico para o lado esquerdo. Gire cabeça, ombros, pescoço, tórax e ajude o movimento com o joelho direito se movendo um pouquinho para frente. E observe atentamente até onde o seu olhar consegue alcançar, agora para o lado esquerdo.
Mudou alguma coisa? Você está surpreso? Normalmente, o resultado deste exercício é igual, ou quase, para os dois lados, embora você só tenha feito o exercício 'realmente', fisicamente, para o lado direito. Para o lado esquerdo você só imaginou, visualizou, não se mexeu nem um pouquinho...

Este exercício, baseado em ensinamentos bem antigos do Chi Kung chinês, e também da técnica criada por Moshe Feldenkrais, comprova que é possível fazer ginástica sem se mexer, só imaginando. Esse fato é muito importante para você trabalhar seu corpo, inclusive quando você está adoentado ou para pessoas muito idosas, que já não têm facilidade para fazer ginástica física. Faça e comprove os resultados.
Claro que os resultados desses exercícios são melhores seguindo técnicas mais suaves como Yoga, Tai Chi, Chi Kung etc, e muito menos com as técnicas da malhação, porque com estas o cérebro normalmente não consegue entender o que a pessoa pretende.
E há também bastante gente tendo bons resultados com a prática da ginástica mental e de visualização para melhorar o seu 'visual' físico. Experimente. Basta imaginar, visualizar, 'sentir' como você quer ser.

NEURÓBICA
Mendigo fumante descobre que para fazer um cigarro inteiro basta colar 5 bitucas (pedaço de cigarro fumado e jogado fora). Sai andando pelas ruas e consegue juntar 21 bitucas. Quantos cigarros ele consegue fazer?
Responda para roberto@jalternativo.com.br e acertando você ganha uma edição do Jornalternativo impresso.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...