domingo, 8 de abril de 2012

Você se sente realizado?



:: Graziella Marraccini ::

Você se sente realizado? Quantas vezes nos fazemos esta pergunta e não conseguimos responder! Para responder a essa pergunta é preciso reconhecer primeiramente o que significa 'realização' para cada um de nós. Desde pequeninos temos objetivos e quando os alcançamos sentimos dentro de nós uma satisfação imensa, uma emoção que identificamos como realização e que nos faz muito bem. A realização, portanto, teria relação com o alcance de nossos objetivos, que, digamos a verdade, vão mudando ao longo da vida. Quando somos pequeninos, a mamadeira, o colo da mãe e o conforto de uma caminha quentinha é suficiente para nossa realização. No entanto, crescemos e sentimos necessidade de socializar, explorar o mundo, namorar, amar, casar, ter filhos, etc. E também existe a realização material, o conforto proporcionado pelo dinheiro e pelos bens materiais que podem ser provenientes da nossa profissão. A realização profissional. E depois, os bens materiais não nos bastam e vamos em busca de outra coisa. A auto-realização se torna então um objetivo premente.

A astrologia, especialmente a cabalística, nos ensina que numa primeira parte da vida buscamos realizações mais materiais, relacionadas com o nosso Ego (Lua) e com as suas necessidades. Como já expliquei em artigos anteriores, a Lua, que representa o nosso condicionamento familiar, cultural e social, funciona como o cocheiro de uma carruagem cujo passageiro é o Sol (nosso padrão de identificação) e que leva essa carruagem ao longo de um caminho (da vida) em busca de seu objetivo derradeiro: a meta de evolução do espírito.

Para conseguir percorrer esse caminho e realizar os objetivos do Sol, a Lua precisa saber conduzir os 'cavalos', ou seja, os elementos animais e instintivos de nosso corpo físico. Por esta razão, precisamos primeiramente conhecer e dominar nossos instintos básicos para que eles nos ajudem e não atrapalhem o nosso caminho. Os elementos animais e instintivos de nosso corpo se relacionam com os quatro elementos e também com quatro planetas principais: Mercúrio - aprendizado e comunicação; Vênus - busca do prazer e satisfação; Marte - instinto sexual e espírito de iniciativa; Júpiter - socialização e evolução moral. Na base, portanto, são esses instintos que nos ajudam a progredir nos primeiros anos da vida e isso é necessário. Creio que todos conhecemos aquela frase que diz: pensamos, como pensamos agimos e como agimos forjamos nosso destino! Pois é essa forma de pensamento, portanto, que está na origem de todas as nossas escolhas. Podemos então dizer que, dificilmente, antes do primeiro retorno de Saturno (que acontece por volta dos 28 anos) sentimos a necessidade de nos perguntar o que fazemos aqui, aonde vamos e quais são nossos objetivos de vida. Vivemos ao ritmo da Lua, como já expliquei em outro artigo publicado no STUM. A Lua, nosso cocheiro, leva os cavalos ou é levada por eles? Se nossos instintos e necessidades físicas comandam nossas ações, então, estaremos sendo reféns do lado vegeto-animal de nosso ser. Isso acontece principalmente nos primeiros anos de vida, também até os 28 anos aproximadamente, pois a satisfação emocional é a primeira necessidade básica de todo ser humano. Procuramos conforto, alimento, segurança, prazer, e realização de desejos, tudo muito natural, ou seja, da nossa natureza animal.

Porém, na medida em que evoluímos espiritualmente, a realização dos desejos físicos não será suficiente para nós! Esses são prazeres efêmeros e não satisfazem nosso Eu Interior. Afinal, por mais que sejam necessárias, essas realizações não significam a nossa 'verdadeira realização'. A nossa verdadeira realização é aquela que conseguimos após reconhecer a nossa meta espiritual, aquela que foi escolhida por nosso Espírito/Sol e que encarna com uma meta bem definida, mesmo se nem sempre reconhecida. Portanto, somente conhecendo profundamente nossa verdadeira identidade poderemos alcançar nossa meta e então, sim, nos sentiremos completamente realizados. Escolhemos uma profissão num período da nossa vida onde nossas ideias sobre o Eu Espiritual ainda não estão muito claras. Podemos então trilhar caminhos que nos foram indicados pela família, pela sociedade, ou até pela conveniência monetária. Mas, passados alguns anos, quando a parte material e física de nossa vida já estiver sendo preenchida, nos encontramos com um enorme vácuo interior, um vazio indefinido que produz inquietude e insatisfação. Então, começamos nossa busca pela auto-realização. Essa busca pode ser curta ou longa, dependendo de nossa maior ou menor dependência com nossos cavalos/instintos. Mas afinal, nossa carruagem não irá a lugar nenhum se não conseguirmos conhecer e dominar a natureza de nossos cavalos! E nosso Eu/ Sol precisará dar ordens à Lua, compreendendo suas necessidades (emocionais e sentimentais), mas sem perder de vista seus objetivos. Somente com esse autoconhecimento e com o domínio do espírito sobre a matéria é que poderemos alcançar a realização. E reconheceremos quais são os reais objetivos de nossa existência na terra e que auxiliarão a evolução do nosso espírito!

Não afirmo que isso seja fácil e nem rápido. Porém, garanto que existem várias ferramentas para conseguir esse objetivo. O conhecimento de nosso Mapa Astral Natal, o acompanhamento anual dos ciclos planetários (progressões anuais e revoluções solares) representam uma ferramenta poderosa, rápida e clara para esse fim. Numa só consulta (presencial ou não) com um astrólogo competente, você poderá obter esclarecimentos sobre muitos pontos obscuros de sua personalidade e consequentemente de seu destino. Esse é o verdadeiro papel da astrologia: fornecer para você uma análise clara, rápida e segura de seu mapa natal que nada mais é que sua 'equação pessoal' ou seja algo único que mostra como numa 'radiografia' qual será seu destino e como você alcançará a realização de seus objetivos. Então, caro leitor, você já fez o seu mapa astral? Já fez sua progressão anual? Aproveite a promoção atual que inclui a leitura do mapa natal + a progressão anual (trânsitos planetários) e avance no caminho da auto-realização! Veja no meu site pessoal (www.astrosirius.com.br) como fazer para marcar a sua consulta e aproveite para ler mais artigos sobre essa ciência de autoconhecimento chamada astrologia.

Caros leitores, estarei atendendo no Rio de Janeiro e em Niterói de 18 a 26 de abril, mas infelizmente já não tenho mais horários disponíveis. No entanto, voltarei novamente e também poderei agendar visitas em outras cidades! Escrevam e manifestem seu interesse para eu poder programar uma visita em sua cidade! E não esqueçam que atendo a distância, pelo Skype ou enviando uma interpretação em mp3.

Agradeço imensamente as contribuições que recebo através dos emails e também dos feedbacks de clientes (ou pacientes?) que já confiaram em minhas interpretações. Desejo a todos uma semana cheia de Luz, Harmonia e Paz Interior!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...