quarta-feira, 21 de novembro de 2012

Gaia - a Liberação da Terra

por Karenn Liège - cursoseterapias@terra.com.br



Este tem sido, pra mim, um ano de grandes surpresas e muitas informações. Estamos trabalhando cada vez mais em grupos e ancorando energias cada vez mais poderosas e palpáveis. Três acontecimentos, aos quais eu participei pessoalmente marcaram grandemente os estágios da transição planetária.

Em janeiro, atendi uma jovem que precisava urgentemente realizar uma reintegração de Consciência, processo semelhante ao Resgate de Alma. Iniciei o processo de resgate da parte de sua consciência e fomos levadas para o fundo do mar onde me deparei com restos de uma cidade afundada no espaço que fica entre África e América, no hemisfério norte, um pouco acima do equador.

Confesso que sei muito pouco sobre esta cidade, apenas o que ouvi falar. Ao ver-me sobre os destroços, deparei-me com milhares de seres ainda presos a este local, alguns como o caso desta moça, que permanecem encarnando sempre sem esta "parte" de sua Consciência, e outros que nunca mais reencarnaram. Nesta mesma sessão, foi pedido por meus mentores espirituais que eu fizesse o resgate dos seres da cidade até o dia 15 de maio deste ano.



Comecei a reunir as pessoas que eu sentia que precisavam estar presentes no grupo e marquei duas datas para fazermos o processo. Assim foi feito e conseguimos perceber a grande intercessão dos anjos e guardiões que participaram desta Liberação. Duas outras participantes do processo também estiveram encarnadas nesta cidade quando ocorreu o seu afundamento e conseguiram resgatar as partes de suas consciências. Em nossa visualização, vimos finalmente esta cidade vir à superfície, ressurgindo esplendorosa do fundo do mar.



Este processo me trouxe muita certeza de que a grande liberação do Planeta está ocorrendo em grande escala.



O segundo evento, ocorreu no dia 25 de Maio. Comecei a me sentir muito estranha, com uma espécie de ansiedade sem motivo, e como sempre faço, liguei para todos meus amigos para certificar-me de que tudo estava bem.

Comecei, então, a perceber que sentia muito frio apesar do dia estar bastante quente. Eu estava hipotérmica e comecei a passar muito mal, tomei um banho muito quente para restaurar-me e então apareceram muitas cenas de almas desencarnadas sofrendo e sendo tiradas de um lugar para serem alocadas em outro. A sensação que eu tinha é que cada uma destas almas passava por dentro do meu corpo e eu podia sentir todo o seu desespero. Pedi ajuda para dois terapeutas amigos meus e comecei a perceber, então, com mais clareza o processo: os umbrais da Terra estavam sendo esvaziados e este processo duraria ainda algumas semanas. Muitas pessoas estavam sendo utilizadas como um suporte para esta limpeza, embora algumas delas não tivessem a consciência disto. Vi vários conhecidos terem sintomas de limpeza, como diarreias e vômitos e a sensação da morte no corpo como eu tive. Foram 3 semanas bem intensas entre os dias 21 de maio e 10 de junho.



Finalmente, o terceiro evento ocorreu em uma das iniciações de Reiki. Bem especial, formei um grupo de 11 pessoas, o que comigo formava 12. Durante as iniciações, vários mestres se manifestam e geralmente eles têm ligação com os iniciados, mas desta vez um Ser muito especial se manifestou: Gaia! Pela primeira vez eu a vi, individualizada, como uma mulher. Sempre vi Gaia como uma energia, mas ela me informou que assumiu a sua individualidade para a ascensão definitiva do planeta. A Terra finalmente foi liberada para o processo de ascensão ser completo. Gaia não precisa mais de nossa ajuda para limpar-se, ela tem agora a escolha de fazê-lo. Para nós fica o compromisso de assumir este processo de ascensão em massa e tornarmo-nos plenos. Desta forma, teremos a certeza em breve de quem realmente somos, de onde viemos e para onde estamos indo.

Agora é a hora pensarmos e sentirmos com amor.



Eu Sou

Karenn Liège





Ansiedade: Um aviso que não pode ser ignorado


por Gisela Luiza Campiglia - gisela10@uol.com.br
Ansiedade: "Comoção aflitiva de quem receia que uma coisa suceda ou não, sofrimento de quem espera, impaciência, desejo veemente, sofreguidão" - Dicionário Aurélio.
A Ansiedade é um processo natural a todo ser humano. Mesmo as emoções, consideradas por nós como negativas, tem um propósito na existência humana. Servindo como um sinal de alerta para a mente, ela avisa ao corpo que é o momento de fabricar energia; funciona como ferramenta psicológica de motivação para a realização de uma ação futura.
Porém, o chamado estado nervoso é ansiedade em excesso e pode prejudicar o senso de realidade e a saúde. Insônia, dor de estômago e o famoso "deu branco na hora H", são sintomas de uma condição de preocupação intensa, diminuindo nossa capacidade de realização na vida.

Quando a energia produzida pela Ansiedade não é utilizada na realização de uma ação, o desequilíbrio se instala. A pessoa passa a viver apenas na mente, na tentativa de controlar o futuro em pensamento e perde o contato com a realidade presente.
A energia criada pelo sinal dado através da Ansiedade existe e precisa ser gasta em alguma ação. A mente procura regular esse desequilíbrio e é obrigada a criar válvulas artificiais de escape para drenar o excesso de energia acumulada. A mais comum delas é a ação de comer compulsivamente. Vícios e distúrbios psicológicos compulsivos estão intimamente ligados ao excesso de ansiedade; são formas de dar vazão a esse desequilíbrio energético.
Os atletas ficam ansiosos pelo dia da competição, mas utilizam a energia da ansiedade de forma produtiva, na ação de se preparar para a prova. Com isso atingem o máximo de seu potencial, estando no melhor de si para enfrentar o desafio competitivo.
Medicamentos
O nível de frustração da pessoa ansiosa é muito grande. Vivendo no vir-a-ser, sem nenhuma realização, ela corre um enorme risco de entrar em um processo depressivo. Nosso Cérebro funciona como um computador, nossos pensamentos criam circuitos mentais, os quais podem ser saudáveis ou destrutivos. Os circuitos mentais podem ser considerados como o software padrão do computador, lembrando que somos nós os programadores deste sistema.
Nossas crenças e paradigmas dão significado às interpretações das situações da vida. Nossa forma de encarar os desafios da vida é que define a qualidade positiva ou negativa desses circuitos mentais. Assim, alimentar circuitos cerebrais negativos, com preocupações desnecessárias, tem um alto preço físico e mental, além de aumentar as chances de fracasso pessoal.
Buscar a causa da Ansiedade em excesso também tem seu preço, o autoconhecimento exige tempo, responsabilidade, estudo e dedicação, mas possibilita a solução permanente do problema e maior êxito nas realizações de vida.
Segundo boletim publicado pelo Sistema Nacional de Gerenciamento de Produtos Controlados (SNGPC) da Anvisa, o uso de medicamentos ansiolíticos, hoje, ultrapassa o de antibióticos; sendo responsável por 40% das vendas de remédios controlados nas farmácias. Medicamento é necessário em alguns casos e deve ser indicado apenas por profissionais médicos especializados na área.
Identificar a causa da Ansiedade em excesso é a única solução de cura do paciente, os ansiolíticos não devem ser usados eternamente. A Terapia aliada ao uso de medicamentos é necessária para a solução do problema da ansiedade.
Na vida moderna, onde impera o imediatismo e o comodismo, parece normal o uso de "calma e felicidade em pílulas". Médicos de áreas não especializadas receitam sem escrúpulos e de forma corriqueira medicamentos que atuam como droga no organismo. A indústria farmacêutica agradece e seu fígado fica envenenado, inclusive, pelo fato de as pessoas continuarem a tomar bebida alcoólica, mesmo usando medicamento controlado.

O autoconhecimento exige mais trabalho que tomar remédios. Porém, conhecer a si mesmo traz discernimento, firmeza e liberdade. Tomar medicamentos gera ilusão, dependência e prejuízos diversos. Quando o usuário pára com os remédios, a ansiedade volta e os problemas na vida da pessoa também reaparecem.
Conhecer e Controlar a si mesmo
O Ansioso tem o medo como crença inconsciente, por isso tenta ilusoriamente controlar o futuro, fica maquinando em pensamentos um "plano" de defesa para se proteger desse futuro perigoso, mas sem uma ação eficaz. Alimenta circuitos mentais negativos trazendo exaustão física e mental para o presente.
Os medos podem ser de vários tipos: medo de si mesmo, de duvidar da própria capacidade de realização, da opinião dos outros, de ser inadequado, de decepcionar a expectativa alheia; medo de deixar o passado já conhecido para trás e de explorar novas oportunidades futuras. Apenas o autoconhecimento é que pode mostrar qual é o medo inconsciente causador do excesso de ansiedade.
Proponho uma reprogramação da mente criando novos circuitos mentais positivos, através da mudança de crenças baseadas no medo.
Dicas Úteis

Ser realista é assumir que a minha postura, conhecimentos e atitudes de hoje, influem no meu sucesso de amanhã. É aceitar em paz o meu limite de não poder controlar o Futuro.

Sou capaz de lidar bem com qualquer situação, quando faço o meu melhor hoje. Eu não ajo pelo medo e, sim, somente pelo bom senso, fico em Paz comigo e com a vida.
Eu sou responsável pelo que penso, pelo que sinto e pelo que faço!

O futuro a "Deus" pertence; não controlo a vida ou os outros. Mas, Deus ajuda a quem se ajuda, só é livre quem controla a si mesmo.

segunda-feira, 12 de novembro de 2012

Laissez la pluie vous éclairer!!!



''Deixe a chuva iluminar você!'' É com esta frase que inicio minhas palavras de hoje. Ao despertar hoje às 7:15 da manhã, ao som da chuva, olhei pra janela e me desejei um bom dia!
Aos que me conhecem, sabem que eu amo demais a chuva e costumo brincar dizendo que eu era um pato na vida passada.
Amo os patinhos, amo a chuva, amor correr e brincar na chuva... Mesmo estando na metade da minha segunda década de vida, brincar na chuva ainda é uma das minhas práticas favoritas! Cansei de chegar em casa molhadérrima e levar bronca do meu pai! Mas ele via que eu estava com uma carinha tão feliz, ai ele nem reclamava mais.

Muitos dizem que a chuva limpa a alma... pra mim, eu acho que além de 'limpar', ela te revigora. A chuva dpa aquela descarregada e dá um upgrade na bateria. Eu acho isso divino! Tem coisa melhor do que um banho de chuva? Tem¹. E me incomoda muito ver pessoas logo cedo reclamarem e reclamando da chuva! Como um amigo meu me diz: ''essas franga tem que sair tudo do armário.''. Por favor! não reclamem da chuva! Ela é necessária assim como o Sol e a noite. E eu estou falando de chuva e não de Dilúvio.

Pegue esse tempinho livre que você tem e vá tomar um bom banho de chuva! Nada de ficar reclamando nas redes sociais que a chuva é isso e aquilo... sua alma agradece...


E. Laetittia Braz

quinta-feira, 8 de novembro de 2012

Enfrente o medo: parte I



"O medo denigre as pessoas. Ele faz uma barreira entre a nossa vontade de seguir em frente e o passado... o resultado não é la dos melhores. Mas matar um leão por dia não nos fará nobres, temos que tirar um proveito disso. há algo a ser aprendido, como tudo na vida."

Tem um exercício que aprendi há um tempo que lida com isso, com o medo. É muito simples e eficaz. Esse exercício é para enfrentar o medo questionando-o e buscando-o nos confins de nossa alma.
Como é o seu medo? Ele tem cor? Tamanho ou nome? Em quais situações o medo aparece pra você? Quantas coisas você deixou de fazer por conta do medo? Estas e outras perguntas podem ser usadas na sua investigação e descobrir quando e porque  ela surgiu em sua vida. E mesmo que tenha uma ligação com vidas passadas, tem cura.

Para se alcançar a cura, temos que estar receptivos a ela. não basta querer somente, tem que correr atras e fazer sua parte. Afinal nada cai do céu a não ser avião, chuva e meteoro... Então pegue um papel e vá anotando tudo que vier à sua mente sobre o medo. Já aviso: é um trabalho longo e minucioso, requer tempo e acima de tudo: requer paciência! mas os seus resultados são extremamente valiosos e nítidos em nossas vidas.

Tenham uma linda semana guiados e protegidos pelos deuses...


Eloah Laetittia Braz.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...