sábado, 14 de setembro de 2013

Fim do Inverno e as Deusas Anciãs.

Postagem de hoje deu-se de uma conversa com um amigo, que disse que a minha mãe de cabeça seja Nanã e não Oxum. E como estamos perto de mais um Sabbat resolvi postar sobre as Deusas anciãs e falar um pouco de morte e renascimento... Já que deixaremos o Inverno e teremos a Primavera daqui 7 dias. Lembrando que, eu não sou Umbandista, mas sempre leio e procuro saber/entender sobre a cultura Yorubá. Eu amo e acho muito lindo! E espero que gostem da postagem de hoje... eu falo de algumas deusas antigas e faço uma breve ligação com a Ostara, que nós temos que nos desapegar e aceitar o novo! Blessed Be!
E. Laetittia Braz.
Definição:
Para os seguidores da Roda do Sul, dia 21/09 teremos a Ostara. Festividade que se celebra durante o equinócio de primavera. Aliás é o primeiro dia da Primavera, ocorre cerca de 21 de Setembro no hemisfério Sul e 21 de Março no hemisfério Norte. O inicio da primavera marca também a volta do Sol e uma época do ano em que dia e noite tem a mesma duração depois do inverno. Para os wiccans é o despertar da Terra com sentimentos de equilíbrio e renovação. Ostara, também conhecida como Eostre (Deusa Anglo-Saxã, que significa Deusa da Aurora) ou Easter (Pascoa, em inglês), pois a pascoa no hemisfério norte é realizado nesta época, são deusas da primavera, da ressurreição e renascimento e tem como símbolo o coelho. Uma das principais tradições desse festival é a decoração de ovos. O ovo representa a fertilidade da Deusa e do Deus. Outra tradição muito antiga é a de esconder os ovos e depois achá-los. (Talvez veio daí o costume dos Norte-americanos de esconderem os ovos de chocolate no dia da Páscoa para que as crianças os achem.) Mesmo os não wiccans sentem-se diferentes neste período, mais dispostos, comem menos, dormem menos e acordam mais cedo. Para os wiccanos também é época de começar a plantar, época do amor, de promessas e de decisões, pois a Terra e a natureza despertam para uma nova vida.


E como estamos no final do Inverno e já teremos a Primavera conosco, postei algumas Deusas Ancestrais. A versão anciã da Deusa, veja algumas:


NanãNanã Buruku (Buruquê), a mais velha das três divindades da água. Senhora dos mangues, pântanos, da lama, senhora da morte e responsável pelos portais de entrada (reencarnação) e saída (desencarne). É uma divindade extremamente respeitada por sua sabedoria.
Perséfone- Divindade grega casada com Hades, que se tornou a rainha do mundo subterrâneo. Seus movimentos refletiam as estações do ano.

Maia- Divindade grega. Mãe de Hermes e avó de Pã. Divindade de culto tão antigo que é considerada pré-helênica. Anciã de grande sabedoria e Senhora da noite.

Hécate- Divindade grega considerada Senhora dos mortos e da noite, tinha o dom de proteger contra os maus espíritos.

Shitala- Divindade hindu feminina da varíola, ligada, portanto, às doenças e à cura.

Hell- Divindade nórdica da região dos mortos. Antiga deusa da terra. Aparecia com partes do corpo infectadas por doenças.

Cerridwen- Divindade celta. Senhora da noite e a magia. Traz o arquétipo da velha senhora detentora da sabedoria antiga, que possui o caldeirão mágico onde decanta suas poções.
Ereshkigal- Divindade sumeriana e babilônica. “Rainha da grande terra”, “Rainha da Terra”. Avó de Inanna em alguns mitos e sua irmã, em outros. Deusa dos mortos, do Mundo Subterrâneo.
Befana- Antiga Divindade da região itálica. Representa a anciã que trazia presentes para as crianças e espantava os espíritos do mal.
Baba Yaga- Divindade eslava. Anciã, enorme velha com cabelos desgrenhados. Construía sua casa com os ossos dos mortos. Viajava montada em um socador de grãos. Destruidora do que é superficial.
Madder-akka- Divindade finlandesa. “A velha”, padroeira dos partos e das almas das crianças até que elas estivessem prontas para encarnar.
Cailleach- Divindade celta. Pouco conhecida, trazia as doenças, a velhice e a morte. É uma velha senhora ou velha bruxa. Guardiã do portal que leva aos períodos de escuridão do ano, ela é também a Divindade evocada perante a morte e a transformação.

Fiz um resumo das Deusas Anciãs de algumas culturas e como cada uma delas lida com o seu espaço. Eu acho muito interessante a forma como cada povo lida com os Deuses e a forma que são à eles. E hoje, faltando 7 dias para o Equinócio de Primavera, nada melhor do que falar delas que com sua sabedoria, paciência e ensinamentos nos mostrou como lidar, desapegar e crescer em diversos pontos... E com esse sentimento de gratidão, segue a canção à Mãe Antiga: 

A Deusa: Cellebrando: http://www.youtube.com/watchv=rqp4qXalFok&feature=share&list=PLEAC5A59ED373A1FD

-------------------------------------------------
Dia 12/09 entramos na Lua Crescente, ela indica Fartura e Crescimento. Separei umas dicas para vocês darem uma olhada:
''Lua Crescente -  Para tudo aquilo que você quer que cresça, quando se pretende iniciar alguma coisa e que se deseja um desenvolvimento rápido. Quem é efetivado no emprego neste período tem mais chances de permanecer muito tempo e ter crescimento. Atividades iniciadas nessa fase costumam produzir bons resultados e, em geral, dão origem a outros projetos futuros, que trazem novos lucros. Aproveite essa Lua para pôr em pratos limpos assuntos mal resolvidos; fazer as pazes com amigos, colegas de trabalho ou com pessoas amadas e ter uma conversa franca com alguém no seu trabalho para melhorar o ambiente. Cuidado com promessas feitas nessa fase porque elas tendem a não serem cumpridas ou demoram muito para serem realizadas. Essa fase deve ser aproveitada para concretizar um novo projeto de trabalho ou comprar ou vender um imóvel. Para se obter flores belas e viçosas, as sementes devem ser plantadas quando a Lua estiver no quarto Crescente. Se quiser que seus cabelos cresçam mais rápido ou ganhem mais volume, corte-os nessa fase. Aqui a Lua também é positiva para iniciar projetos. Lembre-se continue a concentrar seus esforços e mantenha as atividades em ritmo rápido, pois o período é de crescimento e expansão. Ajuda: Apresentar projetos e empreendimentos. Estabelecer parcerias e acordos. Assinatura de contratos. Corte de cabelo (ele cresce mais depressa). Tratamentos de beleza. Atividades físicas. Deixar vícios. Não é indicado: Compra de legumes e verduras maduros (duram menos). Compra de flores abertas (duram menos). Início de dietas de emagrecimento.''
Significado da carta
''A Fartura surge, agraciando você com a sua inesgotável cornucópia de abundancia. É hora de celebrar e entoar a sua canção de agradecimento por tudo o que você tem: alimentos que nutrem seu corpo, um teto sobre o qual se abrigar, roupas que a mantêm aquecida. Se você está precisando de uma colheita mais abundante, esta carta indica que é hora de identificar as suas necessidades e refletir sobre a melhor maneira de atendê-las.
Você está tão preocupada em ver o que lhe falta na vida, que nem nota mais se o copo está meio cheio ou meio vazio, mas apenas repara que ele não brilha como cristal Bacarat? Você lamenta ao ver a rapidez com que as notas deixam a sua carteira ou abençoa o fato de conseguir pagar as contas e pede a Deus que esse dinheiro logo seja reposto? O dinheiro é a sua medida de sucesso e valor? Você está em sintonia com o fluxo de abundância e vive com a certeza de que nada lhe faltará e que todas as suas necessidades serão preenchidas? Talvez você viva numa terra de escassez, onde impere a consciência de pobreza, ou acredite que a prosperidade seja a raiz de todo mal. Seja qual for a sua relação com a Fartura, é hora de reconhecer as bênçãos que recebeu na vida e tomar consciência de que você é uma filha bem-amada e afortunada da Divindade. Se você vive com medo de ficar sem dinheiro, é hora de dar um basta aos pensamentos de escassez, carência e inadequação. Opte pôr suprir o seu computador interior com imagens de abundância e você logo se surpreenderá com o que pode criar!!!
Reflexão: O que eu preciso para ter fartura na minha vida?''

*Texto retirado do livro: O Oráculo do Código do Graal - Ed. Pensamento.
------------------------------------------------------------------
Então, com este clima de renovação, crescimento e união, vamos nos despedir das Deusas Anciãs e celebrar mais uma etapa vencida! Depois da morte, vem o renascimento e Ostara nos mostrará isso com muito amor e alegria...
Aproveitem este período de Lua Crescente, para renovar a vida de vocês e no dia 19/09 teremos o Esbat da Lua Cheia. E no dia 21/09: Ostara!!!
Meditem bastante esta semana, aproveitem para se desapegarem e desprenderem de algo que estão impedindo vocês no momento... 

Blessed Be )O(.

Texto: E. Laetittia Braz
Fontes: Wikipedia, Universo EcoFeminino, 7 porteiras do Brasil, Youtube.


Um comentário:

  1. Olá
    Desculpe, mas não encontro registro em nenhuma literatura de que Perséfone seja anciã, pelo contrário, a maioria dos registros são de que ela seja Donzela.
    Será que você poderia me passar sua fonte para esta afirmação?

    No final do seu texto sobre as anciãs, na terceira linha, há a expressão "a forma como cada povo lida com os Deuses e a forma que são à eles" me parece que esta frase está incompleta, até porque não se coloca crase diante de palavra masculina.

    Obrigado

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...