domingo, 6 de outubro de 2013

Perdão e Cura à moda antiga.


Com a chegada do Equinócio de Primavera com muita celebração e expectativa, quando de repente o tempo vira e tivemos muitos dias de chuva e frio em diversos locais do país. E hoje ao despertar, notei que não estava a chover e sutilmente os passarinhos começaram a cantar e o céu docemente ficava azul. O ar frio matinal era muito renovador. Aos poucos o sol vinha e ficava esplendoroso e pensei: ''Eostre vindo.'' E neste clima de chegada, repousei mais um pouco, quando subitamente eu desperto com um poema fresquinho  como um belo café da manhã. Compartilho com vocês esta linda mensagem que eu escrevi agora pela manhã.

''Deixem os meus filhos chegarem
Deixem os meus filhos  tecerem
Esta é a canção da Terra,
de uma Mãe que concede muito Amor.

Deixem os meus filhos cantarem
Deixem os meus filhos comerem
Eu sou a Deusa Mãe que tudo provém.

Deixem os meus filhos viverem.

Não sou a única que envio Amor,
mas os faço renascerem...
Não sou a única que canto,
mas os encanto com o Amor...

Quem sou eu, quem sou eu?
Sou você, sou eu.

Sou a Terra, sou a Mãe,
mas não deixo de ser você.

Somos um(a). Somos duas.
Somos as fases, a cura...
O perdão, o Amor.
Somos mil e o milhão.
Somos todos em uma só.

Celebrando hoje e sempre
o que a Deusa nos ensinou
Vamos agora nos Curar
... perdoar e amar à nós.
Pois amaremos dos outros
E a Deusa nos amará
E amaremos-a.''

E. Laetittia Braz.

Eu achei a mensagem tão linda e acolhedora, não pensei 2x em compartilhar com vocês. É uma mensagem clara da Deusa Mãe, da Mãe Terra aos nossos corações. E diz que somos dela e que Ela está em nós, que devemos desprender e deixar que a renovação (paz, amor e cura) nos molde e assim: irradiaremos às outras pessoas. No começo que diz: ''Deixem os meus filhos'', é uma mãe bradando por algo  que está a ameaçar os seus filhos. E eu te pergunto: Tem algo em sua vida que está fazendo a Grande Mãe bravejar e impedir que algo ruim te aconteça? 
Pode ser o que for, uma mãe sabe o que se passa com os seus filhos. Caso você saiba o que seja, sintonize com essa vibração e deixe-o fluir. Reconheça o que tem que reconhecer, perdoe-se o que tiver que perdoar, chore o que tiver que chorar e desapegue-se o que tiver que se desapegar. E com um filho que quer carinho de mãe, deixe que a Deusa te acolha e te proteja.

Música: Mãe Antiga. Clique na Imagem para ouvir.
Proibida a reprodução parcial ou total do poema e texto aqui postado. 
E. Laetittia Braz. Fundadora do Projeto Paganus Aeternus.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...