sábado, 19 de abril de 2014

Maeve: Deusa Guerreira + Ritual.

Maeve
(RESPONSABILIDADE)
''Eu sou uma Guerreira, uma Guerreira do Coração.
Sou a Rainha dos domínios de mim mesma
Sou capaz de responder em todas as situações
A partir do conhecimento de quem sou
Minhas ações são quem eu sou...
Minhas crenças são quem eu sou...
Tudo o que eu faço é quem eu sou...
O que é exterior a mim, é exterior...
Aquilo que decido interiorizar eu possuo e reconheço
Como você pode ser responsável se não tomar 
posse de todos os aspectos de si mesma?
Como pode ser confiável sem ser Rainha em seus próprios domínios?
Como pode servir seu esposo, seus filhos, sua comunidade...
se não estiver disposta a reconhecer-se e a responder por si mesma?''
Mitologia
Maeve, cujo nome significa "intoxicante", foi associada à Irlanda, e representou a soberania do país e seu centro mágico, Tara. Com o passar do tempo, ela foi reduzida a Maeve a Rainha, que podia correr mais que os cavalos, conversar com os pássaros e levar os homens ao ardor do desejo com um mero olhar. No épico irlandês Tain Bo Cuillaigne, Maeve (que se escrevia Medb ou Mebhdh) discute com o seu rei sobre quem é o mais rico, uma vez que, segundo o costume celta, o mais rico numa parceria é o soberano. Ele venceu porque tinha um touro mágico. Ela então decidiu roubar um touro vermelho mágico para si. Depois de várias batalhas e muito derramamento de sangue, Maeve venceu o touro vermelho. Entretanto, quando os dois touros se enfrentaram, estraçalharam-se um ao outro em pedaços.

Mensagem da Deusa pra ti
Maeve entra corajosamente no seu caminho para desafiá-la a assumir a responsabilidade pela sua vida. Está na hora de ser a "rainha de seus domínios", tornando-se consciente, depois responsável
por tudo o que você faz, por tudo o que você é, por tudo aquilo em que você acredita.
Existem pontos dentro de você que parecem incertos como águas desconhecidas. Você parece viver no "automático", como se tivesse sido programada por outra pessoa? Talvez você tenha sido arrastada em determinada situação em vez de tentar descobrir se esse é o melhor lugar para você.
Ou talvez não esteja disposta a tomar posse de todos os seus aspectos, a reconhecer o que tem feito para ajudar a criar a situação ou o relacionamento que você vive agora.
Maeve está aqui para lembrá-la de que o caminho para a totalidade é assumir a responsabilidade pela sua vida, seja ela como for. Somente quando você assumir a responsabilidade, reconhecer onde está, quem você é, o que você é, é que poderá criar algo diferente.

Sugestão de ritual: Dança da posse
Reserve um horário em que você possa sentir-se segura no seu ambiente, não seja interrompida e possa fazer barulho. Talvez queira acender uma vela e/ou queimar um incenso, o que for mais útil para o processo. Em primeiro lugar, faça uma lista usando uma folha de papel para cada área da sua vida: emprego, filhos (se os tiver), relacionamento com amigos, amantes, parentes, etc. Tudo quanto você quer fazer desta vez depende de você. Perto de cada palavra que escreveu, anote o que está sentindo sobre isso. Por exemplo, emprego: secretária num escritório de advocacia; sentimento:
ódio. Então continue passando à folha seguinte e assim por diante até terminar. Junte as folhas e vá para um local bem espaçoso. Escolha uma música que a faça dançar do jeito que você gosta ou use um chocalho ou tambor. Trace um círculo no centro desse espaço, andando, desenhando-o no chão, ou então dispondo objetos em círculo.
Quando estiver pronta, comece a música. Dê a si mesma permissão para brincar, para realmente aproveitar e ter um momento agradável. Por enquanto, fique fora do círculo. Pegue a primeira folha e diga em voz alta as palavras escritas nela. Em seguida, diga: "Isso é meu", tantas vezes quanto você precisar para sentir que tomou posse disso. Você pode acompanhar as palavras batendo os pés no chão, pulando ou fazendo qualquer movimento que lhe pareça adequado.
Quando terminar, coloque a folha no centro do círculo e passe à folha seguinte. Faça o mesmo com essa folha e depois coloque-a no círculo junto com a primeira. Quando tiver feito isso com todas as folhas de papel, dance ou pule para dentro do círculo e pegue todas elas. Parada ou continuando a se mover e a dançar, diga: "Tudo isso é meu" quantas vezes for preciso. Inspire profundamente para tomar posse de tudo o que está escrito no papel.
Quando sentir que está pronta, saia do círculo e apague a vela. Agradeça a si mesma, agradeça a Maeve, agradeça à sua vida. Remova ou desfaça o círculo. Deixe-se sentir a totalidade e o poder, agora que você se alimentou de responsabilidade.

Um comentário:

  1. Que lindo ritual! Descobri que essa é a deusa do dia do meu aniversário 21/05! E fui conhecê-la justamento no momento que resolvi tomar a frente da minha vida, sair do automático.

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...