quinta-feira, 3 de julho de 2014

O que é um ''Dark Paganism''?


By: John J. Coughlin
Translate: E. Laetittia Braz.

Muitas vezes me perguntam o que eu quero dizer com "Dark Paganism" e geralmente têm uma resposta diferente dependendo do contexto da pergunta. Em meu livro, Out of the Shadows: An Exploration of Dark Paganism & Magic, em vez de defini-la diretamente, eu exploro os vários aspectos da escuridão e como ele se aplica ao paganismo e até mesmo na espiritualidade em geral. Eu fiz isso intencionalmente, mas a média de visitantes ao darkpagan.com provavelmente gostaria de receber uma elaboração mais direta e formal. 

Ao contemplar as muitas formas do paganismo obscuro, posso dizer com segurança que é um (ou mais provavelmente uma combinação) das seguintes definições, dependendo do indivíduo. A ideia do 'Dark Paganism' tem significado pessoal e é muito importante, pois fará mais sentido no final deste ensaio. Confira:

1) O Paganismo Obscuro, vamos assim dizer, é um movimento dentro paganismo moderno para recuperar a parte escura da polaridade claro-escuro que foi negada ou ignorada por aqueles que têm confundido essa polaridade com o dualismo ético da cultura judaico-cristã. A escuridão não é o mesmo que o mal. Essa confusão foi causada pelo aumento na popularidade de religiões pagãs, especialmente Wicca, e uma falta de treinamento formal e iniciação adequada. (Por iniciação refiro-me ao processo interno que tanto um solitário ou membro de uma experiências de grupo e não o próprio rito de iniciação que apenas reconhece o evento.) Sem essa iniciação o praticante permanece preso na mentalidade dualista de sua religião de nascimento e interpreta os conceitos de polaridade encontrados no paganismo. Tal como recuperar-se da escuridão, inclui a aceitação de nossa sombra - os (geralmente) aspectos negativos de nós mesmos que se recusam (muitas vezes inconscientemente) a aceitar como sendo um aspecto de nós. Tais 'Trevas' no Paganismo, desafiam o pensamento contemporâneo para garantir que suas crenças são verdadeiras para si mesmos e não são simplesmente o resultado da repressão ou condicionado. É importante, ser contestada, uma vez que nos permite pensar e refletir sobre o que nós acreditamos e ajuda a fortalecer as nossas verdadeiras crenças no processo. 

2) Dark Paganism é a incorporação de imagens escuras, como o imaginário gótico, que tende a ter um tema relacionado a morte. Assim como os ''Pagãos Obscuros'' não estão obcecados com a morte, mas sim fascinado e atraído por seu simbolismo arquetípico. Através de imagens escuras, o indivíduo torna-se mais consciente de si e da sacralidade da vida, bem como a importância de viver a vida ao máximo, enquanto permanecendo sempre fiel ao que somos. O foco está na auto-exploração, capacitação e expressão. 

3) O ''Dark'' em sua forma de paganismo, que honra ou se identifica com divindades da natureza mais escura é muito mais comum do que imaginamos. Tais divindades são frequentemente associados com a morte, a guerra, a magia, ou outras forças matérias e indomáveis ​​que muitos Pagãos Modernos têm medo ou até mesmo consideram-na como um tabu. Divindades essas do submundo, incluímos:  Kali, Hades, Set, Loki, e Hécate (especialmente em seu aspecto Anciã). 

4) Paganismo Escuro/Obscuro é uma forma de paganismo, sim, e  que está em sintonia com o lado interno, tipo uma ''Escola Negra'' ou com uma abordagem à espiritualidade muitas vezes considerado um Caminho da Mão Esquerda, como podemos dizer. Isso é explicado em Out of the Shadows: An Exploration of Dark Paganism & Magic, espiritualidade pode ser abordado de duas maneiras: internamente ou externamente. A abordagem interna tem uma ênfase no auto. Conceitos de divindade e ética são menos de um foco ou são baseados na percepção e experiência pessoal. Esta é a abordagem geral de um Caminho da Mão Esquerda. A abordagem externa funciona dentro de um quadro definido. Divindade é definida, as práticas religiosas são mais estruturados e ética são decretadas por uma figura de autoridade externa e, geralmente, muito específico em que detalha o comportamento apropriado. Esta é a abordagem geral de um Caminho da Direita. Ambas as abordagens têm o seu lugar; alguns funcionam melhor em uma abordagem rígida e estruturada, enquanto outros funcionam melhor em uma experiência altamente pessoal. Paganismo Escuro, à este respeito apenas delineia aqueles pagãos que operam dentro de uma abordagem interna dos de uma abordagem externa uma vez que existem algumas diferenças inerentes em como eles funcionam. Um caminho espiritual seguindo uma abordagem interna, incentiva a pessoa a explorar os aspectos da Sociedade ou Cultura que é rotulado como tabu; para que tirem suas próprias conclusões. Ao fazerem isso, os Dark Pagans, libertam-se do condicionamento social, que muitas vezes sufocam sua auto-expressão e individualização e esforçam-se para voltarem a si. Assim, o Paganismo Escuro/Sombrio pode ser definido como qualquer forma de paganismo que é praticada dentro da perspectiva de um Caminho da Mão Esquerda.

Todas as definições acima ajudam a explicar o Paganismo Sombrio/Escuro que é tocando na forma sobre a natureza de como ele é abordado. Estas definições tendem a fundir-se uns aos outros e, enquanto alguns pagãos desse ramo podem operar sob todas estas definições, outros podem simplesmente optar por uma. Tal como acontece com a própria escuridão, ''Dark Paganism'' não pode ser facilmente definida. Isso ocorre porque a escuridão é, por natureza, ligada ao nosso inconsciente e, portanto, é muito pessoal. É da natureza das trevas para sempre permanecer ilusória para um delimitamento rigoroso. Quanto mais se tenta defini-lo, mais se obtém a partir dele. Como o Tao do pensamento taoista, a escuridão deve ser experimentado para ser compreendido. Deve-se ser abraçado e incorporados para serem apreciados. A tentativa de "brilhar à luz da razão" só nos afasta dele.


Fonte: Texto original no inglês. Foi retirado do Site legionofpagans.com . Traduzido por: E. Laetittia Braz - Fundadora do Projeto Paganus Aeternus. Direitos reservados.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...