sexta-feira, 1 de agosto de 2014

A Deusa Branca: Brigid - Celebração de Imbolc.

A Deusa Branca
(INSPIRAÇÃO)
''Deixem que eu me aproxime de você através da bruma, através do fogo, através das plantas, através das fontes profundas e abundantes com ideias, visões, palavras, música que penetra nos ouvidos. Deixe que eu a comova, anime, estimule até que suas perspectivas mudem e sua mente, corpo, espírito explodo e você seja deixada em pé no rastro do que foi revelado e a vida pareça muito doce... ''

Imbloc - Candlemass - Oilmec - 1 ° de Agosto. 

Pronuncia-se: EE-Molc 

Incenso: Alecrim, Olíbano, Mirra, Basílio, Bay, Glicínias, Canela, Violeta, Baunilha. 

Decorações: Boneca de Milho, Vassoura, Flores de Primavera

Cores: Branco, Laranja, Vermelho, Rosa, Amarelo, Verde, Marrom. 

Divindades de Imbolc: Todos deusas Virgin / Donzela, Brighid, Aradia, Athena, Inana, Gaia, e Februa e Deuses do Amor e da Fertilidade, Aengus Og, Eros e Februus 


Simbolismo de Imbolc: Pureza, Crescimento e Renovação, União da Deusa e do Deus, Fertilidade e dispensar o antigo e fazer o novo. 

Símbolos de Imbolc: Candelária, Vassouras, Flores Brancas, Roda de Velas, Cruzes de Brighid, Varinha de condão e Arados. 

Ervas de Imbolc: Angélica, Manjericão, Bay Laurel, Blackberry, Celandine, Tussilagem, Heather, Iris, Mirra, Tansy, Violetas, e todas as flores brancas ou amarelas. 

Alimentos de Imbolc: As sementes de abóbora, sementes de girassol, Semente de papoula, bolos, muffins, scones e pães, todos os produtos lácteos, pimentão, cebola, alho, passas, vinhos, alimentos temperados e chás de ervas. 

Pedras de Imbolc: Ametista, Bloodstone, Garnet, Ruby, Onyx, azul-turquesa. 

Atividades de Imbolc: Iluminação com Velas, Recolher alguma Pedras, Caminhar na Neve e observar a chegada da Primavera, Confeccionar uma Candelária e a cama de Brigit, Confeccionar uma Varinha de Condão, Decoração com Galhos, Banqueteando-se e talvez alguma fogueira acesa. 


Este feriado também é conhecido como Candelária, ou dia de Brigit. Um dos quatro Festivais Célticos de Fogo. Comemora a mudança da Deusa do Anciã à Donzela. Comemora os primeiros sinais da primavera. Também chamado de "Imbolc "(o antigo nome celta). 
Esta é a mudança sazonal, onde os primeiros sinais da primavera e do retorno do sol são observados, ou seja, o primeiro surgimento de folhas, o surgimento das flores do açafrão etc. Em outras palavras, é o festival que comemora a passagem bem sucedida de inverno e o início do ano agrícola. Este Festival marca também o ponto de transição das energias tríplices Deusa Anciã para Donzela. 
É o dia em que celebramos a passagem do Inverno e o abrir do caminho para a Primavera. É o dia em que honramos o renascimento do Sol e podemos visualizar a Enfermagem para com o Sol do Bebê do peito da Deusa. Ele também é um dia de celebrar a Deusa Celta Brigid. Brigid é a Deusa da Poesia, Cura, Ofício com Ferro e Obstetrícia. Se você trabalha muito com as mãos, Brigid abençoa. Ela é uma Deusa tríplice, de modo que nós podemos honrá-la em todos os seus aspectos. Este é um momento de comunhão com ela, e que tende a Iluminação de sua chama sagrada. Nesta época do ano, wiccanos acendem várias velas, branca para Brigid, para o Deus geralmente amarelo ou vermelho, para nos lembrar da passagem do inverno e a entrada da primavera, o tempo do sol. Este é um bom momento para iniciações, sejam elas em clãs ou auto-iniciações. 

Imbolc (1° de Agosto) marca a recuperação da Deusa após dar à Luz a Deus. Os períodos de alongamento de luz irá despertá-la. O Deus é um jovem, vigoroso, mas seu poder é sentido nos dias mais longos. O calor fertiliza a Terra (a Deusa), e faz com que as sementes possam germinar e brotar. E assim os primórdios da Primavera ocorrem. 
Este é um Sabbat de purificação após o fechamento da vida de Inverno, através do poder renovador do sol. É também um festival de luz e de fertilidade, uma vez marcado na Europa com grandes chamas, tochas e fogo em todas as formas. O Fogo aqui representa nossa própria iluminação e inspiração, tanto quanto a luz e o calor. Imbolc também é conhecido como Festa das Tochas, Oimelc, Lupercalia, Festa de Pã, Snowdrop Festival, Festa da Luz cálida, Dia de Brighid, e provavelmente por muitos outros nomes. Algumas bruxas mulheres seguem o antigo costume escandinavo de usar coroas de velas acesas, e muitas outras a transportam numa fila durante suas invocações. 
Sabedoria de Imbolc

É tradicional no Imbolc, ao pôr do sol ou apenas depois de ritual, para acender todas as lâmpadas da casa - mesmo que apenas por alguns momentos. Ou, acender velas em cada quarto em honra do renascimento do sol. Alternadamente, acender uma lâmpada de querosene com uma chaminé vermelha e colocar isto em uma parte importante da casa ou em uma janela. 
Se a neve estiver no chão do lado de fora, andai por ele, por um momento, lembrando o calor do verão. Com a sua mão projetiva, traçar uma imagem do Sol sobre a neve. 
Os alimentos apropriados para comer neste dia incluem os do leite, este período marca o festival de parto. Pratos de mingau são muito bem aceitos. Alimentos picantes e encorpados em honra do Sol são igualmente sintonizados. Curry e todos os pratos feitos com pimentão, cebola, alho-poró, cebolinha, alho ou cebolinha são adequados. Vinhos e pratos contendo uvas passas temperados - Todos os alimentos simbólicos do Sol - também são tradicionais e bem vindos. 
Mensagem da Deusa para você
Brigid vem para abraçar você com inspiração. Você está sentindo falta de direção? De motivação? De energia? Seu caminho está fora de foco, sua vida tornou-se confusa? Você anseia por algo, mas não consegue alcançar? Está na hora de alimentar a totalidade interiorizando a centelha e o crepitar da inspiração. Brígida diz que uma vida sem o fogo da inspiração na verdade é insípida. Ela aconselha ainda que, ao permitir que a inspiração alimente a sua vida, você se torne mais arguta, mais clara e mais energética.

Meditação do dia: Jornada até Brigid
Reserve um horário e um lugar em que você não seja incomodada.
Sente-se ou deite-se numa posição confortável, com a coluna reta, e feche os olhos. Quando estiver pronta, inspire profundamente e expire com um bocejo, liberando tudo o que houver para liberar.
Inspire outra vez profundamente e expire com um assobio. Inspire uma terceira vez e, enquanto solta o ar, visualize ou sinta uma caverna: pode ser uma caverna que você tenha visitado antes, ou uma caverna que só existe em sua imaginação. E então, inspire profundamente mais uma vez e, quando soltar o ar, fique diante da caverna. Passe os dedos pela parede. Sinta o seu cheiro. Entre.
A caverna é bem iluminada e quente por dentro, e você se vê descendo, descendo, cada vez mais fundo. A sensação de descer profundamente é muito agradável. Há uma luz no final da caverna. Você está no limiar, o ponto em que a caverna acaba e começa o Além.
Agora entre no Além. Observe a luz deslumbrante do sol, o frescor do ar e a vivacidade das cores. Brigid está à sua espera ao lado de um antigo poço de pedra. Você caminha na sua direção pisando na grama macia, esponjosa, verde-esmeralda. Ela diz que está feliz em vê-la e contente por que você chegou. Você lhe conta que está em busca de inspiração. Brígida lhe pede um presente, e você o oferece satisfeita. Então ela introduz você num círculo de fogo e acende uma chama no seu chakra da coroa (no alto da cabeça). Você sente uma vibração e um estímulo nesse ponto. Sinta sua energia fluir e expandir-se. Seu poder de visualização fica nítido e mais forte. Você se sente inspirada!
Está na hora de dizer adeus. Você agradece à Brigid. Ela lhe diz que tudo que você tem a fazer para ativar a inspiração é visualizar a chama no alto da sua cabeça. Você entra na caverna. Agora você está subindo, subindo, subindo através do conforto quente da caverna, sentindo-se relaxada, energizada, revigorada. Você sobe até chegar à entrada da caverna. Saia e respire profundamente, enquanto solta o ar suavemente, sinta que está de volta ao corpo. Faça outra inspiração profunda e, quando expirar, se estiver pronta, abra os olhos. Seja bem-vinda!
Sugestão de Ritual para o Imbolc
Arrume o altar, acenda as velas e incenso, e trace o Círculo. 
Invoque a Deusa e o Deus. 
Diga palavras como as seguintes: 
"Este é o momento da festa das Tochas, 
Quando cada Lamparina Ilumina e Brilha 
Para saudar o renascimento do Deus. 
Eu celebro a Deusa, Eu celebro o Deus; 
Toda a Terra Celebra sob o seu Manto de sono.''

Acenda a vela laranja e a vela vermelha sobre o altar. Caminhe lentamente no círculo sentido horário, tendo a vela à tua frente. Diga estas palavras ou semelhantes: 
"Toda a terra está envolta no inverno. 
O ar é refrigerado e o gelo encobre a Terra. 
Mas o Senhor do Sol, Chifrudo
Um dos animais e lugares selvagens, 
Invisível e agora é tido renascido 
Da graciosa Deusa Mãe, 
Senhora de toda fertilidade. 
Salve Grande Deus! 
Saudações e bem-vindo!''

Pare diante do altar, erguendo a vela. Olhe para a sua chama. Visualize sua vida florescendo com criatividade, com renovada energia e força.  Se você precisar olhar para o futuro ou passado, agora é o momento ideal. Obras de magia, se necessário, podem seguir adiante. O momento é agora! Celebre o banquete de forma simples e com amor. 
Agradeça à Deusa e ao Deus pela Celebração e abra o Círculo novamente.


Fonte: wicca.com
Fonte: thewhitegoddess.co.uk
Fonte: Wikipedia
Fonte: paganwiccan.about.com
Fonte: O Oráculo da Deusa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...