quinta-feira, 13 de novembro de 2014

Coisas de Bruxa: Como usar seus poderes.

Nós temos mais influência sobre o nosso modo de vida do que somos levados a acreditar. Nos últimos anos, tem ficado bastante evidente que algo tão simples como um pensamento pode afetar o desenrolar das nossas vidas.

Muitos de nós seguimos os conceitos que nos transmitiram na infância, independentemente de os apreciarmos ou não. Isso pode ser perigoso se na infância só convivemos com pessoas depressivas e ignorantes, que nutrem apenas pensamentos negativos. Por isso é muito benéfico manter fortes convicções positivas, mas o que é ainda mais importante é manter pensamentos generosos e afirmadores da vida.

Os pensamentos podem dar forma à realidade do nosso futuro, mas é importante ter em mente que um pensamento positivo sozinho não é capaz de bloquear uma bala vinda em sua direção. (Essa é uma ação física, e o pensamento é uma ação psíquica.) Um pensamento não pode desfazer um ciclone. Um pensamento positivo não pode reverter a morte - pelo menos não no plano físico. O pensamento otimista não pode impedir mudanças na vida que são inevitáveis e que simplesmente fazem parte da natureza.

As Bruxas sabem que é a natureza, tanto terrena como cósmica, que determina a qualidade das nossas vidas. Elas também sabem que a natureza é cíclica e que nela há, portanto, permanência e que nada, jamais, se perde. O que vai embora sempre retorna - embora não necessariamente da mesma forma.

As Bruxas são capazes de intuir os ritmos da natureza, aprender a acompanhá-los, como o salgueiro. Quando as estrelas estão na posição adequada, quando as energias coletivas estão bem afinadas, as bruxas podem fazer com que os poderes existentes acompanhem seus desejos simplesmente usando os poderes de suas mentes, em geral com a ajuda dos elementais, guias espirituais e outras divindades auxiliares.

É de estranhar que muitas religiões pareçam ignorar a nossa conexão com a natureza e seus ciclos. Em um nível básico, muitas religiões contemporâneas acreditam que morremos, menstruamos, temos dores de parto, vivemos na pobreza, passamos fome, ficamos doentes e morremos porque nós ou os nossos ancestrais erramos de alguma forma. E somos punidos por seguirmos os nossos instintos. Essas ideias parecem primitivas, mas ainda existem em nós.

Alguns acreditam que seguir a nossa verdadeira natureza é rebelar-se diretamente contra o nosso Criador, ou Deus. Segundo a visão dessas pessoas. Deus está no céu e nós estamos na Terra. Como estamos na Terra, não podemos ter uma ligação íntima com algo espiritual. Como humanos, somos humilhados e limitados pela Mãe Natureza, que é impiedosa. Somos vítimas do Destino. Somos da Terra.

No entanto, a terra é repleta de mistério, magia e vários elementos espirituais. Se quisermos, podemos aprender a usar essas forças não apenas para nosso benefício material, mas também para desenvolvimento espiritual. As bruxas entendem que não é errado ser humano ou estar em sintonia com a natureza e suas energias provedoras e expressões mágicas. Não é incorreto usar essas forças espirituais, que tendem a serem neutras, para melhorar as circunstâncias das nossas vidas, assim como as vidas de outras pessoas.

Fonte: As Runas da Bruxas - Susan Shepard - pg 227, 229.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...